Retrospectiva literária 2014

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014


Olá pessoal. Último dia do ano e já começa a bater aquele sentimento de nostalgia né? O ano passou tão rápido e coisas tão incríveis aconteceram, que só resta esperar que 2015 seja ainda melhor. Aproveitando esse momento de relembrar a vida (?), é bom também relembrar as leituras mais marcantes desse ano. Foi extremamente difícil escolher os livros porque este ano li MUITO pouco. Mas chega de conversa fiada e vamos a retrospectiva.


* A retrospectiva literária é organizada pelo blog Pensamento Tangencial. Entre lá e confira os melhores de 2014 de outros blogs.


A aventura que me tirou o fôlego: Ex-heróis. Não é exatamente aventura, mas como não li outro que se encaixa, fica esse mesmo hehe

O terror que me deixou sem dormir: não li nenhum

O suspense mais eletrizante: Dexter em cena. Uma mistura de trhiller com suspense e todos os livros que eu leio desta série sempre entram para os meus favoritos.

O romance que me fez suspirar: A probabilidade estatística do amor a primeira vista. Romance adolescente, mas muito fofo

A saga que me conquistou: Ex-heróis. Por enquanto só li o primeiro, mas gostei bastante e já quero ler os outros.

O clássico que me marcou: Não li nenhum²

O livro que me fez refletir: E se fosse verdade...

O livro que me fez rir: Faça seu pedido

O livro que me fez chorar: nenhum

O livro de fantasia que me encantou: Contos da seleção. É um livro extra, mas achei fofa a história e me fez mudar um pouco de torcida hehe

O livro que me decepcionou: Divergente, Não achei tão ruim, mas falaram tanto sobre que eu esperava mais.
O livro que me surpreendeu: Para onde ela foi. Não gostei muito de Se eu ficar e não esperava muito desse, mas acabou me surpreendendo e sendo uma boa leitura.

O thriller psicológico que me arrepiou: Dexter em cena

O livro mais criativo: E as estrelas, quantas são?

O melhor HQ: Não li nenhum³


O livro que mudou a minha forma de ver o mundo: A maioria me fez refletir sobre alguma coisa, mas mudar a forma de ver o mundo não teve nenhum

A capa mais bonita: A escolha

O livro que li em um dia: A escolha

O primeiro livro que li no ano: Ex-heróis

O último livro que terminei: Sete dias sem fim

O livro que abandonei: Um herói para ela. Não abandonei por completo, já que ainda pretendo terminar a leitura algum dia, mas não estava fluindo e deixei de lado por um tempo.

O livro que li por indicação: Enquanto eu te esquecia

A frase que não saiu da minha cabeça:  "Então, acho que somos quem somos por várias razões. E talvez nunca conheçamos a maior parte delas. Mas mesmo que não tenhamos o poder de escolher quem vamos ser, ainda podemos escolher para onde iremos a partir daqui. Ainda podemos fazer coisas. E podemos tentar ficar bem com elas". (As vantagens de ser invisível)

O(a) personagem do ano: Charlie (As vantagens de ser invisível)

O casal perfeito: Arthur e Lauren (E se fosse verdade)

O(a) autor(a) revelação: Marc Levy

O melhor livro nacional: Apaixonada por palavras, que na verdade foi o único nacional que li

O melhor livro que li em 2014: E se fosse verdade. Um livro que é engraçado e algumas vezes triste, mas que traz várias reflexões também.

Li em 2014 24 livros.

Li em 2014 ... páginas. Não faço ideia do número de páginas.

Comprei em 2014 ... livros. Também não sei um número exato, mas foram poucos.

A minha meta literária para 2015 é: ler mais livros que esse ano e ler os livros que estão há muito tempo na estante.

Comentários via Facebook

1 comentários:

  1. Li pouquinho em 2014 também, três a menos que você kkkk. Não conhecia essa retrospectiva, mas gostei bastante. Vou adotá-la e ano que vem faço ela junto com todas as outras kkkkk
    Beijinhos

    http://vidasempretoebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir